Review | Resident Evil Resistance

Lançado como uma espécie de modo de jogo do novo Resident Evil 3, Resident Evil Resistance proporciona partidas online 4 contra 1 no universo Resident Evil, no qual quatro jogadores controlam Sobreviventes, enquanto o outro comanda um Vilão.

O Vilão tem como objetivo impedir que os sobreviventes escapem, tendo a sua disposição uma variada gama de ferramentas, incluindo zumbis, armadilhas, e câmeras. Já os Sobreviventes devem trabalhar juntos para se defender dos ataques do Vilão e completar os quebra-cabeças para escapar do mapa antes que o tempo se esgote.

Como muitos dos multiplayers atuais, não existe de fato vitórias ou derrotas, mesmo que o Vilão mate os Sobreviventes ou algum desses últimos consigam escapar, todos os participantes da partida ganham experiência e dinheiro.

4c96563c-26f9-4867-806e-802c15330605_resident-evil-project-resistance-survivor-skills-01

Esse sistema de premiação torna o jogo acessível, inclusive aos fãs de Resident Evil que não tem experiência com esse tipo de jogo, além proporcionar um sentimento de perseverança, pois ganhando ou perdendo seu personagem sempre estará progredindo.

Ao subir de nível com um determinado personagem é possível adquirir novas habilidades e equipamentos para o mesmo. Esses itens melhoram os danos e resistências dos Sobreviventes e Vilões.

 

Uma Longa Experiência

Por se tratar de um jogo focado inteiramente na experiência multiplayer, não há de fato uma narrativa, apenas uma rasa apresentação dos personagens jogáveis.

Nessa trama jovens aparentemente desconhecidos são aprisionados pela Corporação Umbrella com o objetivo de serem usados como cobaias em seus experimentos. No total, temos seis sobreviventes, cada um com uma brevíssima introdução relatando como foram capturados.

Como é o caso de Becca, uma garota do campo que ao investigar a fonte de misteriosos gritos foi emboscada por cães grotescos e desmaiou. Ao recuperar a consciência, estava trancada em uma sala e rodeada de estranhos.

20200410200143_1

Cada um desses personagens possuem habilidades distintas. A já citada Becca é um especialista em armas de fogo, ganhando benefícios envolvendo precisão de mira e aquisição de munição. Valerie é a healer do grupo, sendo capaz de curar outros personagens, marcar inimigos, armas e itens no mapa. Além disso, temos hackers, tankers, especialistas em armas brancas e armadilhas.

A história de cada um dos personagens pode ser acompanhada por todos os jogadores, mesmo que eles não tenham qualquer conhecimento de inglês, graças a interface e legendas traduzidas para o português. Todavia, infelizmente, esse é mais um jogo da franquia que não possui dublagem em português.

Em relação aos vilões, existem quatro deles, porém no início do jogo você só poderá jogar com Annete, uma especialista no vírus G cuja a especialidade é criar e controlar criaturas, dentre elas o G-Birkin, um forte monstro com um enorme olho pulsante no ombro.

20200410201318_1

Por fim, temos a presença de missões diárias e microtransações. As missões se tratam de tarefas diárias e semanais, premiam os jogadores com PR (Pontos de Resultado) e baús de cosméticos. Os PR servem para comprar itens através de microtransações, através do qual pode-se facilmente adquirir baús de itens para seus Sobreviventes e Vilões.

Eu gostaria de poder dizer se esse sistema de venda cosméticos e equipamentos é realmente equilibrado, porém mesmo jogando por várias noites, não fui capaz de abrir muitos desses baús, pois mesmo tendo muitos ou poucos jogadores online, não importa, o fato há uma enorme demora se iniciar cada uma das partidas. Isso desmotiva os jogadores a continuarem jogando, mas nada que não possa ser resolvido nos próximos dias através de uma atualização.

Resistindo até o fim

Mecanicamente, Resident Evil Resistance está longe de entrar na lista dos melhores multiplayer no estilo 4 x 1 e a demora para se iniciar as partidas só agrava a situação. No entanto, seus gráficos arrojados e principalmente, o fato dele pertencer a série Resident Evil, com certeza agradará aos fãs e aqueles que não tiveram muito contato com este tipo de jogo.

Além disso, a Capcom já confirmou que Resident Evil Resistance receberá novos conteúdos mensais. O primeiro deles será uma das personagens mais famosas da franquia, Jill Valentine, chegará como uma sobrevivente no dia 17 de abril.

Em outras palavras, Resistance continuará recebendo atualizações, o que pode transformar o título em algo promissor. Agora só nos resta aguardar as novidades.

1585683159_resident-evil-resistance

Resident Evil Resistance já está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Um comentário sobre “Review | Resident Evil Resistance

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s