The Last of Us Part II | Hackers estão por trás dos vazamentos

Já deve ser de conhecimento de todos, a esta altura, que The Last of Us Part II sofreu, no último dia 27 de Abril, com vazamento de conteúdo e spoilers massivos da trama do jogo. Já informamos, também, que a Sony estava investigando os responsáveis pelos vazamentos. Neste novo capítulo – final, esperamos – da novela, uma nova informação: foram hackers.

De acordo com vários informes, dos quais vamos destacar o do jornalista Jason Schreier, os hackers tiveram acesso ao conteúdo de The Last of Us Part II encontrando uma falha de segurança através de patchs de alguns jogos já desenvolvidos pela Naughty Dog , que os levou aos servidores do estúdio. Schreier explica, ainda, que o conteúdo vazado provavelmente é de desenvolvedores testando uma versão primária do jogo.

Recomendamos muita cautela ao acessar os Tweets acima, pois pode haver spoilers nas respostas

O jornalista esclareceu, também, os rumores de que os vazamentos teriam ocorrido por protesto de um empreiteiro que fora contratado pelo estúdio e não teria sido pago, não são verdadeiros. “A Naughty Dog, inclusive, aumentou o pagamento e plano de saúde para empreiteiros devido ao COVID-19”. A própria Sony já havia desmentido os boatos de que ex-funcionários do estúdio estariam envolvidos nos vazamentos.

No último sábado (02), um usuário do Twitter chamado PixelButts, que se identifica na rede como Testador em Garantia de Qualidade (QA Tester) na California (onde muitos estúdios AAA, incluindo a Naughty Dog, estão situados), deu mais detalhes sobre como os vazamentos podem ter ocorrido, e como os hackers exploraram as vulnerabilidades dos servidores da Naughty Dog através dos patchs de outros jogos da desenvolvedora.

O site Kotaku entrou em contato com o usuário e pediu mais informações. Ele descreveu que tudo começou em Janeiro, quando um grupo de hackers descobriu um método de acessar os servidores da Amazon para a Naughty Dog, usando o que seria, essencialmente, uma senha presente no código dos jogos do estúdio, incluindo Uncharted 3 e o primeiro The Last of Us. Estes jogos acessavam os servidores de funcionalidades do multiplayer, mas também podiam ser usados para pegar arquivos armazenados lá.

“As senhas de Uncharte 3 deram a eles material de desenvolvimento de Uncharted 3, e as senhas de Uncharted 2 fizeram a mesma coisa, mas havia algum conteúdo de The Last of Us misturado nos servidores de Uncharted 3. Não era surreal pensar que os servidores de The Last of Us poderiam conter conteúdo de The Last of Us 2”

Em Março, o grupo conseguiu coletar cerca de 1TB de dados da parte do servidor associada a The Last of Us. A partir do que já se viu até agora, fica um pouco mais fácil saber como os vazamentos ocorreram. Houve, sim, uma falha da Naughty Dog nessa questão, mas foi no quesito segurança em relação à proteção de seus servidores, e não um vazamento interno, como se acreditava anteriormente. A Sony, por sua vez, segue investigando o caso.

The Last of Us Part II contará a história de Ellie e sua busca por vingança em um mundo pós-apocalíptico, chegando em 19 de Junho, exclusivamente no PS4.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s